A dança é considerada um elemento fundamental nos carnavais de todo Brasil, como vemos em Recife com o Frevo e o Maracatu, em Salvador com os Afoxés e Axés, assim como no Rio de Janeiro com as Escolas de Samba. O bloco Amigos da Onça bebe da fonte de todas essa manifestações populares tradicionais, fazendo uma grande mistura com o que é contemporâneo e carioca. É assim que construímos a dança nesse bloco, de forma impar e irreverente. As coreografias são formadas por uma mistura de movimentações dos carnavais de todo Brasil com a dança afro, o passinho do funk e do baile charme e a dança contemporânea. As coreografias consagradas pela geração dos Axés e pagos dos anos 90 também sempre são relembras, com as do Grupo É o Tchan, Tchakabum e Banda Eva. Além disso o gestual onçatico está presente a todo momento, pois é um elemento indispensável para a identidade do bloco. 
 

As oficinas de dança têm como objetivo, através de técnicas, improvisos e sequencias coreográficas, desenvolver os elementos mais potentes característicos do corpo dançante do bloco Amigos da Onça, como o gestual do animal com a malemolência, gingado e explosão que o carnaval de rua clama a partir de uma construção coletiva; a intenção dos movimentos executados e sua relação em grupo e para o público; além de fomentar a transmissão e o compartilhamento de valores, saberes e práticas entre gerações e grupos.

 

Estrutura de aula

 

1) Primeiro momento: Alongamento com ativação do tônus muscular, soltura das partes do corpo com repetições para compreensão de movimentos; mini sequências para estimular a força, equilíbrio e percepção do centro.

 

2) Segundo momento: Aquecimento a partir de estímulos lúdicos que despertem o gestual onçático, a troca de olhar e o uso da voz; execução de movimentos com estímulos musicais variados para explorar diferentes andamentos, níveis e direções; Atividades de contatos e apoios;

 

3) Terceiro momento: Ensinar sequências coreográficas do repertório do bloco, passando pelas autorais às músicas tocadas em cortejo.

 

4) Quarto momento: Desaquecer individualmente e coletivamente com massagens e posições de relaxamento até diminuir o andamento corporal; finalizando com uma trocas de ideias em roda de conversa. 

 

Orientadora Jessica Queiroz

 

Estudante do Bacharelado em Dança pela UFRJ, atualmente é intérpretepesquisadora do projeto acadêmico artístico “Corpo Estranho”, direção da Prof.ª M.ª Aline Teixeira. Possui experiência e domínio na área de danças urbanas, participando de companhias, workshops e residências de todas as linguagens nas danças urbanas. Realizou apresentações e ministrou aulas em festivais nacionais e internacionais. Integra a ala de dançarinas do Bloco Virtual, Bloco Spanta Neném e Bloco Amigos da Onça. Integrante do grupo de professores da oficina de carnaval do Bloco Amigos da Onça ministrando aulas de dança.
 

Oficina de Dança

R$180.00 Preço normal
R$171.00Preço promocional

    Taxa de Matrícula: R$50.00

    • White SoundCloud Icon
    • Facebook Clean
    • White Instagram Icon
    • White YouTube Icon

    IlustraçõesJhon Bermond - Arte da Terra

    Amigos da Onça - Rio de Janeiro - Brasil

    Desenvolvido por Nicole Meireles